Día: 3 diciembre, 2013

O País para trás, a dívida para a frente mas devagar!

Posted on


Aventar

A operação de «troca de dívida» ficou consideravelmente abaixo do valor referido pelo Ministério das Finanças. Conforme anunciado ontem na comunicação social, Maria Luís Albuquerque (MLA) e IGCP estabeleceram o objectivo de adiamento dos vencimentos de 26.935 milhões de euros, nas condições demonstradas no quadro seguinte:

Dívidas_adiamento

O Tesouro Português conseguiu, apenas, colocar no processo de ‘troca’ 6.642 milhões de euros. Note-se que, do diferimento de prazo das dívidas de 2014, Portugal apenas obteve dos mercados a prorrogação de 2.675,5 milhões de euros para 2017, fixando-se em 4164,5 milhões a «troca» para 2018.

Ver la entrada original 302 palabras más

Postureo vs. Autenticidad

Posted on


Filosofía para el siglo XXI

th_b4ad7bd0e72f1f1901536d6d4f1312d8_postureo1-1De Sofía B. y Carmen C. he aprendido hace poco la palabra «postureo«, procedente al parecer, de «posar» (del inglés, poser) que viene a ser adoptar una pose para impresionar a quienes te ven, te leen o te escuchan.

 hippies-300x237  Se trata de una actitud del todo opuesta a la de mi generación que buscaba —quizá también era una pose— por encima de todo la autenticidad, aunque fuera a veces mugrienta y pestosa. La nueva tendencia —que atrae al parecer a mucha gente joven— consiste precisamente en aparentar lo que no se es. El postureo es siempre una conducta postiza, artificial, mediante la que se pretende impactar a los demás, suscitando su admiración o quizá más frecuentemente su envidia. Me dice una experta que el postureo consiste, sobre todo, en intentar mostrar que eres especial, distinto de los demás, aunque en realidad hagas lo que…

Ver la entrada original 561 palabras más

La justicia de EE.UU autoriza la bancarrota de Detroit

Posted on


FNE volta a tentar

Posted on


Aventar

Nuno Crato perdeu a cara com esta trapalhada do acordo com a FNE. E ao contrário do que a FNE esperava, os professores continuam muito mobilizados, o que tem uma explicação simples – os professores estão contra a prova, pela prova e não por ser um instrumento para aplicar aos professores mais novos ou aos mais velhos. É evidente um mobilização muito forte nas escolas e a derrota da prova de Nuno Crato era uma situação muito provável. Quer porque os tribunais irão dar razão à FENPROF, quer porque os professores irão faltar no dia 18.

O lema geral, por todo o lado é: não vigiamos, não corrigimos.

E Nuno Crato sabia isto.

Oficialmente, a FNE diz que em vez de ter 100 mortos, só terá 50 e por isso salva 50 vidas. É um argumento pouco consistente, porque tem dois problemas: retira o argumento fundamental contra a prova propriamente dita…

Ver la entrada original 76 palabras más